domingo, abril 19, 2009

SRP80 - Pelos montes de Serpa

O dia amanheceu nublado e manteve-se assim com uma chuvita aqui e ali.
Acordei cheio de pica para a prova, mas preocupado por ser uma distancia grande e ir sozinho.
Esta foi a 1a maratona do ano, e depois dum interregno de 3 anos em provas de btt, o bichinho voltou e mesmo sem preparação, arrisquei em fazer a prova...safei-me!

Cheguei ao secretariado assim que abriu e depois de levantar o dorsal 178 e picar o controlo no km zero, fiquei a ver as vistas a espera da hora da partida.
O arranque da maratona dos 80km foi as 9h da manha, os do 160km ja tinham ido as 8h. Fiquei um pouco triste porque eramos menos de 100 nesta maratona, os outros 400 foram todos aos 160km, talvez para o ano...
Na linha de partida, um ilustre do ciclismo, Mr Vitor Gamito! É o da camisola branca.



Ja tinha decidido que iria fazer a prova a um ritmo baixo, se começasse a apertar no inicio, sabia que nao chegaria ao fim. Parti com a esperança de nao ser dos poucos com falta de preparação e de encontrar alguem para companhia ao longo da prova.

Ao fim dos 10km, ja todos tinham partido e eu vi-me sozinho, mas nao desmoralizei, algo me dizia que mais a frente iria começar a apanhar alguns empenados.
Assim aconteceu, antes dos 20 apanhei 2 companheiros, o Pedro e o Carlos.

Cedo percebi que o Pedro tinha boa preparação, mas o Carlos nem por isso, alias, ja apresentava grandes dificuldades e ainda nem tinhamos chegado ao primeiro posto de assistencia!

Estes 2, fizeram-me lembrar o raid do Oeste de 2006, onde o Hugo me serviu de assistencia para acabar a prova, se nao fosse ele teria desistido, mas vendo bem as coisas, tambem nao teria ido sequer se nao fosse ele a desafiar-me! :-) (Dia 6 de Setembro estamos la novamente!)

Ao passar na parte mais tecnica do precurso, o single track junto ao rio Guadiana, apanhamos o sr. João Pereira da www.btt-tv.com a tirar fotos do precurso e dos participantes. Vejam as fotos aqui.



Ele acompanhou-nos ate ao 1o posto de assistencia nos 20km...



Aqui ja se falava se o Carlos havia de desistir, mas ele ainda tinha alguma energia a gastar...por isso arancamos a ver do 1o posto de controlo que estaria aos 34km.

A viagem ate estava a correr bem, mas aos 30km o Pedro passou por um calhau enorme numa descida e rebentou o tubeless....paragem para reparação...pode ser que o Carlos chegue entretanto...

RDevil: "Então pá, grande pancada, tiveste azar!"
Pedro: "E verdade"
RDevil: "Então vamos reparar isso, eu ajudo, a camara de ar?"
Pedro: "Não tenho"
RDevil: "Não tens?!! WTF! Então vens para uma prova destas sem material?!"
Pedro: "Yah!, Nunca furei antes assim, apenas furos lentos, isto e tubeless e com liquido"
RDevil:"Boa!"
"Bem, eu empresto-te a minha, pelo menos ate ao proximo controlo"
"Pode ser que o Carlos desista entretanto e trocas a roda com ele..."

Depois duma guerra para desapertar a rosca do pipo junto ao aro, la colocamos a camara de ar. Enchemos o pneu, mas a camara estava a sair pelo rasgão do pneu, a ver se da para chegar....
O carlos ja tinha seguido para adiantar caminho...

Chegados ao 1o posto de controlo, antes do Carlos :-), demos uma de macgyver e com um bocado de plastico e adesivo do estojo de 1os socorros, colocamos uma tala por dentro do pneu para a camara nao sair para fora, e não e que aguentou!

O proximo posto de controlo ficava a 15km dali, bora la que o carro vassoura ja aqui esta tb!

Fizemos os proximos km seguidos de perto pela carrinha de assistencia, aos 40km entramos no alcatrão e uma pessoa da organização que estava no local, informonou-nos que tinha havido problemas nos 160km com as marcações, alguem tinha retirado as fitas!
Pensamos: "Ainda bem que viemos aos 80km!"...

Seguimos viagem os 3, mas apenas durante mais 4km, o carlos deu o peido final e foi para a carrinha de assistencia. Eu e o Pedro continuamos os 2 e o ritmo aumentou um pouco, apesar de eu tb ja me sentir cansado, não ia desistir!

Aos 50km, demos connosco num riacho e sem saber para onde ir! Nao se viam mais fitas da organização, apenas umas fitas que pareciam ser bem antigas. Andamos para a frente e para tras a ver se viamos alguma fita mais a frente, mas nada, nem viamos trilhos de outras bikes, percebemos logo que algo estava errado....que fazer?!

Felizmente, tinha sacado o track do ano passado e decidimos voltar para tras e seguir esse track, de certeza que iria dar a Serpa...

Ao voltarmos para tras, começamos a ver as fitas da organização novamente e a bater certo com o track de gps, isto quer dizer que este sector e igual ao ano passado, fixe! Ja nao nos perdemos mais...Fizemos foi mais 10km por nos termos perdido...

Aos 60km do nosso percurso, começamos a apanhar alguma malta dos 160km que na altura ja levavam 140km feitos! Foi tambem a altura em que o meu joelho direito cedeu ao esforço, uma dor no tendão patelar (tendão que liga os musculos da tibia a rotula), que me impedia de pedalar com a perna direita.
Foram mais 15km em trilhos a penar ate chegar a aldeia A-do-Pinto, altura em que decidi separar-me do Pedro e ir pelo alcatrão ate Serpa. Mais 11 km a sofrer, ate houve alturas em que fui a pé!

La cheguei ao ponto de partida as 18h, i.e, 9h depois de partir com 6:50h a pedalar efectivamente, 7000 calorias gastas e 1500m de acumulado...
Esperei mais 20m pelo Pedro para me devolver a camara de ar, ja na companhia do Carlos que ja tinha tomado banho e comido umas bananas por causa das caibras.



Conclusão: Gostei da prova! A organização podia ser melhor, mas nao foi ma de todo. Os trilhos são mesmo ao meu jeito, pouco tecnicos e sem subidas ou descidas demasiado dificeis. E a hospitalidade alentejana e sempre agradavel.

Ao fim do dia, fui jantar a um restaurante tipicamente alentejano "O Forcado", cujo prato principal é.....adivinhem.....pizzas! LOL! Mas a qualidade e tipica alentejana, ie, sao excelentes, ora vejam isto, pizza "Pescador", com camarao, bocas de sapateira, ameijoas, delicias do mar...



A seguir, para acabar a noite, fomos a festa de são jorge e da nossa sra da paz em Vila Verde de Ficalho, os quinta do bill estavam a actuar e se nao fosse o meu joelho, ainda dava la uns pulos!
A seguir, vimos o fogo de artificio, comemos algodão doce e voltamos.

Foi um dia em cheio!

Para o ano a mais!

segunda-feira, abril 13, 2009

Pelos trilhos de Castelo Branco

Pois é, depois de 32 anos a ir para a terrinha dos meus pais, la decidi ir fazer btt a serio por aqueles montes!

Depois de ter programado uns percursos no GPSies, la fui eu as 9h.

O inicio da volta foi empolgante, belos trilhos de terra batida tirando uma descida bem acentuada com muito cascalho e paus a mistura a complicar...

Fiz um caminho junto a ribeira da Ocreza muito bonito, chegando ao Val de Almourão, tirei 2 fotos mas não as tenho aqui.

Ai começou as dores de cabeça e a pior parte da volta, o GPS indicava uma viragem a direita e la fui eu, a subir, a subir, a subir.....inclinação mais de 25%!, terreno: cascalho....dassse vou mas e a pé!

La fiz a subida e pude voltar a montar na bike mais um pouco....

Passado um bocado, mais outra subida PQP e mais cascalho, irra!! Volta a desmontar, mas aviso já se isto nao melhora volto para tras!

E foi o que aconteceu, passado 1,5km a empurrar a bike, decidi voltar para tras para onde o caminho era mais transitavel...

Com isto tudo, e com ja 3:30h de treino, achei que era melhor voltar para casa a ver do almoço.
Olhando para o GPS, vi que podia atalhar caminho entre 2 partes do precurso e poupar tempo, o que o GPS não dizia era que isso obrigava a fazer uma descida identica as subidas que descrevi atrás, mas la se fez, com um ou outro susto e muita pastilha de travão gasta....

Cheguei ao alcatrão (home sweet home :-) ) e foi sempre a bombar ate casa que ja se fazia tarde. Cheguei as 14h, com 3500 calorias gastas e 5h de treino. Fixe, ja posso dar nas amendoas a vontade!! :-D

Abraços!

P.S. - Venha a maratona de Serpa!

segunda-feira, abril 06, 2009

2009-04-05 - Voltinha Soft com os Bichos do Mato

Mais um voltinha soft, ou devo dizer ultra soft com a malta dos bichos do mato... :-E
Inicio as 8h, fomos em direcção a Alverca e a subida da Cimpor para o miradouro, bom para começar o dia com uma inclinação duns 10%...JA FOSTE! 100% dos BPM logo na 1a subida!

Compensou a vista fantastica, mas esta era so uma subida para aquecer...

A seguir um single track a descer com pedras e silvas nas bermas para lamber as pernas...UUIII!! ca bom! Mas um belo percurso!

Como disse atras, aquela subida foi so para aquecer, pois, mais a frente, uma subida em cimento PQP, que deixava a inclinação da anterior a anos luz! 19.6% indicava o GPS! Mas fez-se...a pe! Aqui ja e o fim da subida...



Passamos por varios sitios bonitos, mas tiveram a ma ideia de meter literalmente pelo meio do mato, com ervas silvas e afins, parte era do caminho de Santiago, vi várias marcas a indicar o caminho. Esta incursão rendeu 2 furos lentos, o da roda da frente, deu para chegar a casa, mas o de tras fez com que trilhasse a camara de ar em 2 sitios na descida seguinte...



No final de mais uma subida lixada, demos de caras com um Mr. Ed excitado que nos deu aulgum trabalho para passar, valeu umas gargalhadas, principalmente quando o animal decidiu correr atras de mim qd ia a passar!! :-P




No final da volta, paramos para matar a sede numa tasca em Bucelas, bebemos umas mines e fomos para casa tratar das pernas.




Conclusão: Depois de 50 km, 12,6 km/h de media, 980m de acumulado e 365m de altitude maxima, cheguei a casa todo parido e com um belo empeno! Passei a tarde a xonar...

Fica aqui o track gps.

Abreiçes.

quinta-feira, abril 02, 2009

Flaine 2009

Ora então, aqui vai a horas indecentes, o relato das minhas ferias na neve deste ano....

A ida foi dia 14 de Março, sábado, check-in fechava as 7:55h....cheguei em ultimo, claro! Mas a tempo...

Apesar das reservas serem habitualmente de Domingo a Sábado, fomos um dia antes e pagamos uma noite a mais, para aproveitar o forfait ao máximo que começava logo no domingo.

A viagem de aviao ate Genebra correu bem.
Para a estância, fomos de transfer, num mini-bus de 19 pessoas. Este quase nao chegava lá, pois quando a estrada começou a empinar, tivemos de parar 2x...
A empresa de transfer pertence a uns ingleses emigrantes em França a 20 anos, simpaticos, mas curiosamente ainda não falam françês!!

Chegamos cedo á estância para fazer o check - in, mas tarde para os nossos estômagos que já batiam nas costas. Tivemos de deixar as malas numa sala enquanto esperavamos a hora do check - in e fomos ver da paparoca...

Nos bem queriamos gastar dinheiro e comer a nossa 1a refeição em França, mas depois de procurar um sitio que servisse comida as 15h, faltou a luz em toda a estância!! Ora, como as maquinas nao funcam sem electricidade....sentamo-nos e continuamos a espera....
Passado uns 20m, as embalagens de ketchup, mostarda e afins começavam a ter um apelo especial, tal era a fome! Mas nem uma baguette havia!!

Mais 20m e la veio a luz e a possibilidade de trincar qualquer coisa de jeito, FINALMENTE!!

Entretanto, la pudemos fazer o check - in as 17h e depois de cada um ter deixado os seus BI como deposito do quarto, fomos ver as instalações, largar as malas, escolher as camas e fazê-las! Sim, pois a UCPA que foi o sitio onde ficamos, não é um hotel, é um centro desportivo! Uma boa ideia do governo françês para promover a practica do desporto a todos a um preço acessível.

O quarto onde fiquei era de 4 pessoas, felizmente, nenhuma ressonava! Tinha WC privado, boa!

Descemos para a sala de conbibio, uma sala com uma lareira enorme central, varias mesas de cafe e cadeiroes, um bar, uma mesa de snooker e diversos jogos de tabuleiro a escolha e de borla.
O snooker era 2€ o jogo, ainda fiz alguns com o amigo Milton.

No bar, existe um sistema de senhas que compras ao inicio um bloco por 22,50€, e depois conforme o que queres, das essas senhas.

19:30h fomos jantar, buffet, com 3 ou 4 pratos diferentes, fruta, sobremesas, saladas e os famosos queijos franceses. Podes servir-te do que quiseres, as vezes que quiseres, mas chegando ao fim da refeição, tens de levantar e limpar a mesa onde comeste, la está, centro desportivo!
Eu pessoalmente nao me importo com esta filosofia, ate prefiro!

Pouco tempo depois de jantar, la para as 22h, ja estava na cama e foi assim todos os dias, pelo menos para mim, que os meus companheiros de viagem eram mais foliões. Mas eu fui la para esquiar e queria estar em pleno no 1º dia!

Ora, domingo, 7;30h, la estava eu na cantina para o petit dejouner...com cereais, iogurtes, doce, pao, fiambre, queijo, leite, cafe, etc...

Logo a seguir fui levantar o meu forfait para andar nas pistas e levantar o equipamento!
As 9h ja estava de skis nos pes, infelizmente, a neve esteve sempre rija como os cornos e escorregadia, principalmente de manha ate as 11h, mas nada me fazia esperar mais!
Houve sol toda a semana, ate tive mais calor que frio, mas o ideal era ter nevado pelo menos um dia...

Ora bem, antes de começar, aquecer as pernas




Deixa la ver então o mapa das pistas....escolher uma azulinha para começar devagar, pode ser a Les Cascades, 14km de extensão, vamos la para o teleferico...
12m depois deixava de estar nos 1600m para passar aos 2500m



Para quem não sabe, aquele montinho ali atrás é o Mont Blanc, a serra mais alta da Europa!
Parece que não é muito mais alto do que onde estamos certo!? São so mais 2300m de altitude!! 4814m!!!

O meu instrutor de ski no 1º dia trousse-nos aqui e contou-nos que existe um single track que chega ao topo do Mont Blanc, mas so com um guia e em muito boa forma la se chega...imagino!

Voltando a minha pistinha azul....la fui eu para as primeiras esquiadelas...muito nevoeiro de manha, deu direito a dar muito ao bastão, para fazer as partes iniciais da pista que eram mais direitas e que sem um valente balanço inicial não se faziam...

Esqueci - me de referenciar que levei o meu GPS, queria medir a velocidade, distancia percorrida, etc....mariquices....dei 70 km/h de velocidade maxima nesta 1a descida e sem sequer me esforçar para isso! :-)
102kg a descer tem destas coisas...

A pista que escolhi para iniciar as minhas ferias, terminava no dominio de Sixt, a pista e bonita pois e panoramica sobre todo o vale, mas eu fui com nevoeiro na parte mais alta e nao vi nada de especial.
Para alem disso, com a neve tão dura e escorregadia, numa pista que so tinha a largura duma estrada em grande parte da sua extensão, e um ano sem esquiar, deram direito a 2 tralhos a maneira!
Um sem gravidade, outro nem por isso...quando cai foi para a frente e pus a mao no chão como e normal, como a neve era dura, o polegar que fracturei o ano passado (sem saber), voltou a levar uma pancada valente e ficou imediatamente a doer-me...durou toda a semana e ainda me doi a andar de mota, mas nao me estragou as ferias, felizmente!
Um obrigado ao Bruno Marques pelo spray milagroso dele que me tirou as dores e foi tratando a mazela.

Chegando ao fim da travessia....onde estão as cadeiras para voltar!?!...UPS! Não reparei que nao havia! Tinha de apanhar o autocarro ate ao dominio de Samoens, 40m ao todo a espera do autocarro e a viagem. Chegando a Samoens, apanhei 1 teleferico e umas 4 cadeiras para conseguir chegar a pista que me permitia descer para Flaine e ir almoçar....demorei 2h a voltar!!
DDAAAASSSEEEE!! Nunca mais!

Ja cheguei a Flaine fora da hora do almoço, valeu o Milton que me fez uma sandocha de queijo antes de vir embora.
Passei o resto do dia a esquiar com o Milton, a sua namorada Olga e o Miguel.



Os restantes dias foram passados mais ou menos assim, deitando cedo, levantando cedo, comer, esquiar com os amigos, ter aulas na manha ou na tarde, a noite jantar e conviver, jogar uma tacada e participar nas actividades organizadas pelos animadores da UCPA.





Na 4a feira, foi o aniversário da Olga, noiva do Milton e a malta foi curtir depois de jantar :-)





A Olga tinha la uma amiga que foi com a filha de 2 anos, mas ficou num apartamento por ser mais confortavel e facil com a miuda, para alem disso a UCPA tem uma idade minima. A menina gostou da neve, mas gostou mais ainda de dormir ao sol na esplanada!



Uma esperiência diferente, foi fazer a pista de slalom, houve uma competição na região de Samoens, onde o meu instrutor de ski participou....e partiu a tíbia e o perónio! :-S
O que significou que 4a, 5a e 6a, tive instrutoras diferentes. A Karina e a Verginie, simpáticas e muito boas....esquiadoras! :-)

No ultimo dia de ski, a aula foi numa pista negra, cheia de bossas, e com uma pendente inicial de 85%!!
Fi-la, mas de costas! Malhei na 3 curva que tentei fazer! IRRA! Foi impossivel parar a queda, fui 100m de rojo ate onde a pista endireitava.
La teve a instrutora de fazer a pendente de 85% com 3 esquis e 6 bastões nas mãos!! Sim, pq um colega meu tambem malhou antes de mim, so que ficou com um ski com ele...

Neste ultimo dia, foi o unico em que tive realmente frio, apesar de estar sol


Sábado ja não esquiei, aproveitei para dormir mais um pouco porque a noite ia ser longa...
Voltamos para Genebra, desta vez o transfer eram 2 carrinhas VW e soubemos que o outro estava ainda na oficina...

Depois de levantar uns francos suiços e colocarmos as malas nos cacifos do aeroporto, fomos dar uma volta pela cidade.

Fomos ao supermercado comprar os tradicionais chocolates, 7 no meu caso, ja marcharam todos! LOL!

Depois passamos na zona bancaria, i.e., rica, de Genebra, nomeadamente, em frente ao Four Seasons Hotel, onde havia uns brinquedos giros tipo Austin Martin Vanquist, Porsche 911 Turbo e Carrera 4S, Maseratti e este, o Bugatti Veyron que vale 3 milhoes de euros! Um brinquedo engraçado...



Escusado será dizer que ninguem ligava aos vulgares Porsche, Austin Martin ou Maseratti!

Chegada a hora de jantar, fomos á procura da casa do Benfica para ver o jogo e comer uma bifana e uma mîne. Ups, já não há casa do Benfica... foi fechada porque o responsável andava a meter €€€ ao bolso...há coisas que nunca mudam...

Fomos então á procura doutro restaurante tuga, que transmiti-se o jogo do Benfiiiiiiiiiicaaaaaaaa-Sportên, achamos um com uma sala agradável para jantar e sem fumo, ao contrario da sala principal. As doses eram bem generosas, tipo para 4 pessoas na boa!



No regresso ao aeroporto para passar a noite, a espera do avião que só seria Domingo as 8h, tivemos oportunidade para um momento hilariante



Explicação: Estava um frio considerável, e a malta queria ir para a cabine de espera...mas ao abrir a porta da cabine, o aroma que a pessoa que se vê lá dentro emanava, impediu tal entrada! :-P
Então decidimos ocupar a cabine de telefone....LOL!

Chegados ao aeroporto, uns foram logo dormir no chão, outros tentaram passar a noite a jogar Catan



Depois de chegar a Lisboa, passei o Domingo na cama a recuperar da noite no chão do aeroporto e do cansaço do ski. Felizmente, desta vez fui mais bem preparado e tive mais cuidado e nao voltei doente!

Para o ano há mais, ainda não sei para onde, quem alinha?! Preparem 1000€... video video